sexta-feira, 28 de dezembro de 2007

2008: a navegar para bom porto

Chega ao fim o ano de 2007. Ao fazer 70 anos o Santa Maria Manuela teve como presente um “beijo” da Pascoal que o acordou de um sono que muitos julgavam letal. Abriu os olhos e, aos poucos, foi sacudindo a ferrugem que lentamente teimava em paralisa-lo. Pouco a pouco, libertou-se das marcas que o tempo e o abandono o obrigaram a carregar. Hoje começa a ganhar outra vez a auto estima perdida e já sonha com o dia em que vai voltar a saltar sobre as ondas.
Sabe que muitos tratam dele, tem uma nova família, a Pascoal e um capitão que não precisa de embarcar para o liderar e proteger.
O Santa Maria Manuela sente-se feliz e confiante com o novo ano de 2008, e pediu ao Pai Natal 4 mastros novos. Estamos todos a fazer força para que o seu desejo se concretize.

Votos de um 2008 fantástico
A “tripulação” do SMM

sexta-feira, 21 de dezembro de 2007


Com o SMM no coração: a visita dos Capitães

O coração de um navio é o seu capitão. Todos os que foram capitães de um navio nunca mais o esquecem. A partir desse dia a sua "família" aumenta e o navio passa a ser um ente querido que nunca mais se esquece. É por isso que quando se recupera um navio como o Santa Maria Manuela é, para muitos dos que amam as coisas do mar, como viverem ao vivo o milagre do renascimento. Fomos por isso ouvir alguns dos capitães que comandaram o SMM e gostaríamos de partilhar as suas emoções e os seus ensinamentos com aqueles que visitam este nosso Diário de Bordo.



Da esquerda para a direita: Capitão Vitorino Ramalheira (1966, 67 e 69), Capitão José Mario Gordinho (1968), Capitão João Guilherme Ferreira (1970/90).

A conhecer o novo arranjo geral...

Na doca seca da NavalRia a relembrar velhas "carícias" dos gelos da Terra Nova e Groenlândia.

Fotografias. Aníbal Paião

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007

sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

História em fotografias I

O Santa Maria Manuela, na sua versão original na Empresa de Pesca de Viana, carregado, a entrar no porto de Leixões.

O Santa Maria Manuela foi vendido à Empresa de Pesca Ribau em Novembro de 1963 e chegou a Aveiro já com os mastaréus cortados tendo, no entanto, navegado com a configuração de lugre até 1966.

Na mesma doca flutuante onde hoje se procede à recuperação…

Em 1967 foram retirados 2 mastros, o gurupés e instalou-se um novo motor.

O Santa Maria Manuela em St. Johns em 1969, tendo "por fora" o N/M “Rio Antuã”.


Continua…

Especiais deferências...

Este novo espaço do nosso blog pretende dar a conhecer os presentes que o Santa Maria Manuela recebe dos seus Amigos. São recordações e pedaços de história que lhe vão sendo oferecidos.


Hoje publicamos as fotografias de uma recordação muito especial.
O Capitão Marques da Silva, como conselheiro especial da Pascoal para o projecto de reconstituição do SMM, teve a gentileza de construir e oferecer uma maqueta do mastro da mezena que será um precioso auxiliar técnico para os projectistas. Posteriormente será incorporada numa maqueta do SMM na sua versão original.